sexta-feira, 20 de junho de 2014

PREFEITURA EMITE NOTA SOBRE A FESTA DE SÃO PEDRO

Após dias de espera sobre a realização da tradicional festa do São Pedro de Itiruçu, nesta sexta feira (20), a Prefeitura Municipal, emitiu um nota pública, confirmando e explicando o porque da não realização da festa.
Nos últimos dias muitas informações foram divulgadas de forma não oficial através das redes sociais, umas confirmando outras negando a realização do evento. Até que a atual administração, quebrou o silêncio e se pronunciou, no site oficial da prefeitura, sobre o fato.
Em sua justificativa, a prefeitura alega dificuldades financeiras, diante da queda do FPM e sobre tudo de pagamentos de precatórias oriundas de gestões passadas, colocando a administração de Wagner Novaes no dilema entre fazer a festa tradicional e não conseguir pagar salários e fornecedores, ou não fazer a festa e honrar com estes compromissos. 
Diante da noticia, parte da sociedade itiruçuense se pronunciou descontente com a decisão, alegando prejuízos, entretanto outros comentam e acham acertada a decisão do poder executivo, diante da justificativa.
Ainda na nota, o prefeito afirma ter tomado uma decisão de "coragem e responsabilidade" de quem administra o dinheiro público.
 Veja a Nota na íntegra:

A Prefeitura se sente na obrigação de prestar os oficiais esclarecimentos sobre a não realização da tradicional FESTA DE SÃO PEDRO em 2014. 
Muito embora esta possibilidade já vinha sendo admitida por todos, o Prefeito e sua equipe se debruçaram nos últimos dias no sentido de estudar todas as viabilidades para realização da FESTA, e de suas consequências, na hipótese da não ocorrência. 
Conhecemos os significados sociais, culturais e econômicos que possui o SÃO PEDRO DE ITIRUÇU. É nossa principal vitrine e oportunidade de reunir itiruçuenses, turistas, pessoas que aqui retornam, injeção na economia dos empresários e de pessoas físicas. Mas também temos que avaliar as reais condições de quem promove, praticamente, 100 % da FESTA, que é a Prefeitura. E este ano, depois de um detalhado, minucioso e preocupante estudo, não apenas neste período, mas nos últimos três anos e para os seguintes, chegamos à lamentável conclusão pela não realização. 
Esta constatação se deu em razão de três principais questões: 1- Diminuição dos repasses de outros entes de governo para as Prefeituras; 2- Redução da alíquota do FPM do índice de 1.0 para 0.8; e 3- Resquícios financeiros herdados de gestão passada.
O primeiro é geral para todos os municípios, especialmente para os nordestinos. O segundo foi específico para alguns e infelizmente, para Itiruçu, onde, a valores de hoje, Itiruçu recebe, em média R$ 300.000,00/mês (trezentos mil) a menos. A última, se trata de débitos trabalhistas, a exemplo dos salários dos servidores de dezembro/2012 e de precatórios herdados sem prévio conhecimento da atual administração, o que nos vem levando à bloqueios, e devemos nos preparar e prevenir para honrar, vez que são decisões judiciais e alegam que são direitos.
É sabido que um dos pontos principais, a redução na alíquota, vem de 2011, mas a permanência de despesas como a FESTA, que nos moldes que vinha sendo realizados, equivale ao valor de uma folha mensal de salários, deve ter tido como uma das consequências o não pagamento da folha em dezembro/2012 e aí está a grande questão. Já foi muito difícil fazer em 2013 e, se fizéssemos agora, teríamos que atrasar salários e pagamentos a fornecedores no futuro breve, ou até não os pagando. 
Assim, entre uma decisão de CORAGEM E DE RESPONSABILIDADE de quem administra o dinheiro público e a de comprometer as obrigações, como serviços básicos e honrar pagamentos, fomos forçados, lamentavelmente, em adotar a primeira. 
Queremos ainda externar nossas desculpas a todos, sejam às crianças, jovens, adultos, aos da melhor idade, aos empresários, às famílias e aqueles que esperavam esta época para visitar sua Terra, aos turistas, aos artistas, a todos aqueles que, direta ou indiretamente deixaram de ganhar ou aproveitar com a FESTA, mas nos compromissamos com melhores dias para nossa Itiruçu e com o retorno do MAIOR SÃO PEDRO DO BRASIL, pois uma certeza todos tem: de FESTA, QUEM ENTENDE, SABE E GOSTA DE FAZER, é a atual administração municipal, e para que tomássemos esta decisão foi com um grande pesar. 

ITIRUÇU/BA, 19 de junho de 2014.
Wagner Pereira Novaes – Prefeito Municipal

PREFEITURA EMITE NOTA SOBRE A FESTA DE SÃO PEDRO

Após dias de espera sobre a realização da tradicional festa do São Pedro de Itiruçu, nesta sexta feira (20), a Prefeitura Municipal, emitiu um nota pública, confirmando e explicando o porque da não realização da festa.
Nos últimos dias muitas informações foram divulgadas de forma não oficial através das redes sociais, umas confirmando outras negando a realização do evento. Até que a atual administração, quebrou o silêncio e se pronunciou, no site oficial da prefeitura, sobre o fato.
Em sua justificativa, a prefeitura alega dificuldades financeiras, diante da queda do FPM e sobre tudo de pagamentos de precatórias oriundas de gestões passadas, colocando a administração de Wagner Novaes no dilema entre fazer a festa tradicional e não conseguir pagar salários e fornecedores, ou não fazer a festa e honrar com estes compromissos. 
Diante da noticia, parte da sociedade itiruçuense se pronunciou descontente com a decisão, alegando prejuízos, entretanto outros comentam e acham acertada a decisão do poder executivo, diante da justificativa.
Ainda na nota, o prefeito afirma ter tomado uma decisão de "coragem e responsabilidade" de quem administra o dinheiro público.
 Veja a Nota na íntegra:

A Prefeitura se sente na obrigação de prestar os oficiais esclarecimentos sobre a não realização da tradicional FESTA DE SÃO PEDRO em 2014. 
Muito embora esta possibilidade já vinha sendo admitida por todos, o Prefeito e sua equipe se debruçaram nos últimos dias no sentido de estudar todas as viabilidades para realização da FESTA, e de suas consequências, na hipótese da não ocorrência. 
Conhecemos os significados sociais, culturais e econômicos que possui o SÃO PEDRO DE ITIRUÇU. É nossa principal vitrine e oportunidade de reunir itiruçuenses, turistas, pessoas que aqui retornam, injeção na economia dos empresários e de pessoas físicas. Mas também temos que avaliar as reais condições de quem promove, praticamente, 100 % da FESTA, que é a Prefeitura. E este ano, depois de um detalhado, minucioso e preocupante estudo, não apenas neste período, mas nos últimos três anos e para os seguintes, chegamos à lamentável conclusão pela não realização. 
Esta constatação se deu em razão de três principais questões: 1- Diminuição dos repasses de outros entes de governo para as Prefeituras; 2- Redução da alíquota do FPM do índice de 1.0 para 0.8; e 3- Resquícios financeiros herdados de gestão passada.
O primeiro é geral para todos os municípios, especialmente para os nordestinos. O segundo foi específico para alguns e infelizmente, para Itiruçu, onde, a valores de hoje, Itiruçu recebe, em média R$ 300.000,00/mês (trezentos mil) a menos. A última, se trata de débitos trabalhistas, a exemplo dos salários dos servidores de dezembro/2012 e de precatórios herdados sem prévio conhecimento da atual administração, o que nos vem levando à bloqueios, e devemos nos preparar e prevenir para honrar, vez que são decisões judiciais e alegam que são direitos.
É sabido que um dos pontos principais, a redução na alíquota, vem de 2011, mas a permanência de despesas como a FESTA, que nos moldes que vinha sendo realizados, equivale ao valor de uma folha mensal de salários, deve ter tido como uma das consequências o não pagamento da folha em dezembro/2012 e aí está a grande questão. Já foi muito difícil fazer em 2013 e, se fizéssemos agora, teríamos que atrasar salários e pagamentos a fornecedores no futuro breve, ou até não os pagando. 
Assim, entre uma decisão de CORAGEM E DE RESPONSABILIDADE de quem administra o dinheiro público e a de comprometer as obrigações, como serviços básicos e honrar pagamentos, fomos forçados, lamentavelmente, em adotar a primeira. 
Queremos ainda externar nossas desculpas a todos, sejam às crianças, jovens, adultos, aos da melhor idade, aos empresários, às famílias e aqueles que esperavam esta época para visitar sua Terra, aos turistas, aos artistas, a todos aqueles que, direta ou indiretamente deixaram de ganhar ou aproveitar com a FESTA, mas nos compromissamos com melhores dias para nossa Itiruçu e com o retorno do MAIOR SÃO PEDRO DO BRASIL, pois uma certeza todos tem: de FESTA, QUEM ENTENDE, SABE E GOSTA DE FAZER, é a atual administração municipal, e para que tomássemos esta decisão foi com um grande pesar. 

ITIRUÇU/BA, 19 de junho de 2014.
Wagner Pereira Novaes – Prefeito Municipal

quarta-feira, 18 de junho de 2014

CULMINA GRAVAÇÕES DO PROGRAMA A BAHIA QUE A GENTE GOSTA DA RECORD BAHIA EM ITIRUÇU


Culminou no final da tarde desta quarta feira (18), as filmagens da equipe da Record Bahia, sobre os pontos que expressam belezas naturais, além das expressões humanas e culturais de Itiruçu, que será apresentado no programa "A Bahia Que A Gente Gosta", no próximo dia 29 de junho, a partir das 8:30 da manhã.
Hoje, a equipe da apresentadora Ana Paula Farias, registrou como é a produção e a industrialização do café, colônias italianas, o Morro Grande, além de entrevistas com o historiador Marcos Cezar e com uma das pessoas mais idosa de Itiruçu, a Srª. Vestina de Souza Brandão com 103 anos de idade, que emocionou a todos que acompanhava a gravação, com sua memória lúcida, recordando vários momentos do surgimento de Itiruçu.
O Programa que tem como foco mostrar o que há de bom pelo interior baiano será exibido na Record Bahia, Record News e Record Internacional para mais de 156 países, além da Internet, no R7 Bahia. Em breve exibiremos também em nosso Blog.
A Equipe Record agradeceu a hospitalidade da população local e o apoio de todos os colaboradores e entrevistados.
O Blog Ed Santos acompanhou as matérias realizadas sobre o município.


CULMINA GRAVAÇÕES DO PROGRAMA A BAHIA QUE A GENTE GOSTA DA RECORD BAHIA EM ITIRUÇU


Culminou no final da tarde desta quarta feira (18), as filmagens da equipe da Record Bahia, sobre os pontos que expressam belezas naturais, além das expressões humanas e culturais de Itiruçu, que será apresentado no programa "A Bahia Que A Gente Gosta", no próximo dia 29 de junho, a partir das 8:30 da manhã.
Hoje, a equipe da apresentadora Ana Paula Farias, registrou como é a produção e a industrialização do café, colônias italianas, o Morro Grande, além de entrevistas com o historiador Marcos Cezar e com uma das pessoas mais idosa de Itiruçu, a Srª. Vestina de Souza Brandão com 103 anos de idade, que emocionou a todos que acompanhava a gravação, com sua memória lúcida, recordando vários momentos do surgimento de Itiruçu.
O Programa que tem como foco mostrar o que há de bom pelo interior baiano será exibido na Record Bahia, Record News e Record Internacional para mais de 156 países, além da Internet, no R7 Bahia. Em breve exibiremos também em nosso Blog.
A Equipe Record agradeceu a hospitalidade da população local e o apoio de todos os colaboradores e entrevistados.
O Blog Ed Santos acompanhou as matérias realizadas sobre o município.


BANDIDOS FAZEM ARRASTÃO EM LOJA NO ENTRONCAMENTO DE JAGUAQUARA

Segundo informações do radialista Roberto Brito, elementos armados invadiram a loja de confecções Luklan, no centro do Entroncamento de Jaguaquara, por volta da 11 horas da manhã desta quarta feira (18) e em plena luz do dia fizeram um arrastão no interior do estabelecimento.
Os elementos usaram um outro veículo, modelo caminhonete, para levarem vária peças de roupas. Eles ainda ameaçaram de morte, os funcionários do estabelecimento. 
Após a ousada ação os elementos evadiram-se do local. Até o momento a policia não tem pistas dos bandidos.

Foto: Roberto Brito

BANDIDOS FAZEM ARRASTÃO EM LOJA NO ENTRONCAMENTO DE JAGUAQUARA

Segundo informações do radialista Roberto Brito, elementos armados invadiram a loja de confecções Luklan, no centro do Entroncamento de Jaguaquara, por volta da 11 horas da manhã desta quarta feira (18) e em plena luz do dia fizeram um arrastão no interior do estabelecimento.
Os elementos usaram um outro veículo, modelo caminhonete, para levarem vária peças de roupas. Eles ainda ameaçaram de morte, os funcionários do estabelecimento. 
Após a ousada ação os elementos evadiram-se do local. Até o momento a policia não tem pistas dos bandidos.

Foto: Roberto Brito

terça-feira, 17 de junho de 2014

ITIRUÇU SERÁ MOSTRADO NO PROGRAMA A BAHIA QUE A GENTE GOSTA DA RECORD BAHIA

O Programa "A Bahia Que a Gente Gosta" da TV Itapoan, Rede Record Bahia, que visita toda semana o interior do estado, mostrando as belezas naturais, culturais e humanas, está realizando mais um de seus trabalhos, e desta feita em Itiruçu.
A apresentadora Ana Paula Farias, juntamente com a sua equipe, fazem gravações sobre assuntos como a imigração Italiana, a Praça Adelmário Meira, o Morro Grande, que dá nome a cidade, além de ser um simbolo da mesma, entre outros temas ligados ao município.
O Programa poderá ser exibido até o final deste mês, pela Record Bahia, Record News e Record Internacional para mais de 156 países.
O Programa Oficial também será exibido também em um vídeo neste blog, aguardem.
A equipe do programa ficará até esta quarta feira (18) em Itiruçu.
O Programa está contando com a colaboração do Ambientalista Otacílio Fraga, dos Assessores do Município, Ivan Cequeira e Ed Santos e do Professor e historiador Marcos Cesar.
"Abaixo, trecho que gravamos enquanto a equipe do programa se preparava para gravar como família de Senhor Atílio, um dos imigrantes italianos que mora em Itiruçu, a mais de 60 anos."

Fotos: Wilson Novaes/ Vídeo: Ed Santos

ITIRUÇU SERÁ MOSTRADO NO PROGRAMA A BAHIA QUE A GENTE GOSTA DA RECORD BAHIA

O Programa "A Bahia Que a Gente Gosta" da TV Itapoan, Rede Record Bahia, que visita toda semana o interior do estado, mostrando as belezas naturais, culturais e humanas, está realizando mais um de seus trabalhos, e desta feita em Itiruçu.
A apresentadora Ana Paula Farias, juntamente com a sua equipe, fazem gravações sobre assuntos como a imigração Italiana, a Praça Adelmário Meira, o Morro Grande, que dá nome a cidade, além de ser um simbolo da mesma, entre outros temas ligados ao município.
O Programa poderá ser exibido até o final deste mês, pela Record Bahia, Record News e Record Internacional para mais de 156 países.
O Programa Oficial também será exibido também em um vídeo neste blog, aguardem.
A equipe do programa ficará até esta quarta feira (18) em Itiruçu.
O Programa está contando com a colaboração do Ambientalista Otacílio Fraga, dos Assessores do Município, Ivan Cequeira e Ed Santos e do Professor e historiador Marcos Cesar.
"Abaixo, trecho que gravamos enquanto a equipe do programa se preparava para gravar como família de Senhor Atílio, um dos imigrantes italianos que mora em Itiruçu, a mais de 60 anos."
video

Fotos: Wilson Novaes/ Vídeo: Ed Santos

BANDIDOS ARROMBAM AGENCIA DA CAMURUJIPE EM ITIRUÇU

Elementos não identificados, arrombaram a agencia da Viação Camurujipe, localizada na praça da feira em Itiruçu. O fato ocorreu na madrugada desta terça feira (17). Segundo informações de representantes da empresa na cidade, os elementos fizeram uma varredura no interior do estabelecimento, levando computadores, dinheiro, entre outros objetos.
Esta não foi a primeira vez que a agência foi arrombada em Itiruçu. A empresa, segundo informações, chegou a cogitar suspender o funcionamento na cidade, diante da falta de segurança.
Aguarde, logo mais informações.

Foto: Itiruçu Notícias

BANDIDOS ARROMBAM AGENCIA DA CAMURUJIPE EM ITIRUÇU

Elementos não identificados, arrombaram a agencia da Viação Camurujipe, localizada na praça da feira em Itiruçu. O fato ocorreu na madrugada desta terça feira (17). Segundo informações de representantes da empresa na cidade, os elementos fizeram uma varredura no interior do estabelecimento, levando computadores, dinheiro, entre outros objetos.
Esta não foi a primeira vez que a agência foi arrombada em Itiruçu. A empresa, segundo informações, chegou a cogitar suspender o funcionamento na cidade, diante da falta de segurança.
Aguarde, logo mais informações.

Foto: Itiruçu Notícias

segunda-feira, 16 de junho de 2014

Pai e filho vítimas de acidente no Entroncamento de Jaguaquara são sepultados em Conquista

Os corpos das vítimas do grave acidente automobilístico ocorrido ontem na BR-116, no trecho do Entroncamento de Jaguaquara, foram sepultados nesta segunda-feira (16), em Vitória da Conquista. Pai e filho, o corretor imobiliário José Roberto Veloso e seu filho, o supervisor da operadora Oi, Breno Veloso (foto) foram velados no Velatório da Pax Nacional, no bairro São Vicente e enterrados às 15h, no Cemitério Jardim das Acácias, que fica na margem da estrada que liga Vitória da Conquista à Anagé. Roberto e Breno estavam a bordo de um veículo Hyundai HB20, que bateu de frente com uma carreta na altura do Km 625 da rodovia, próximo ao povoado do Tatu, no município de Jaguaquara.

Informações: BMF/Foto: Blog do Anderson

Pai e filho vítimas de acidente no Entroncamento de Jaguaquara são sepultados em Conquista

Os corpos das vítimas do grave acidente automobilístico ocorrido ontem na BR-116, no trecho do Entroncamento de Jaguaquara, foram sepultados nesta segunda-feira (16), em Vitória da Conquista. Pai e filho, o corretor imobiliário José Roberto Veloso e seu filho, o supervisor da operadora Oi, Breno Veloso (foto) foram velados no Velatório da Pax Nacional, no bairro São Vicente e enterrados às 15h, no Cemitério Jardim das Acácias, que fica na margem da estrada que liga Vitória da Conquista à Anagé. Roberto e Breno estavam a bordo de um veículo Hyundai HB20, que bateu de frente com uma carreta na altura do Km 625 da rodovia, próximo ao povoado do Tatu, no município de Jaguaquara.

Informações: BMF/Foto: Blog do Anderson

Pessoa de baixa renda terá CNH grátis

Pessoas de baixa renda poderão ter a possibilidade de tirar a carteira de habilitação gratuitamente. O Projeto de Lei 5888/13 institui o Programa Nacional Social de Habilitação Profissional de Condutores de Veículos, a ser financiado com recursos do Fundo Nacional de Segurança e Educação de Trânsito (Funset). 
Segundo a proposta, caberá ao Conselho Nacional de Trânsito (Contran) definir os requisitos para participação no programa. 
Os beneficiados estarão dispensados de pagar as taxas relativas aos exames de aptidão física e mental; avaliação psicológica; licença de aprendizagem de direção veicular; confecção da carteira nacional de habilitação; e realização dos cursos teórico-técnico e de prática de direção. 
Conforme o autor da proposta, deputado Alexandre Toledo (PSB-AL), a carteira de habilitação é um documento indispensável no currículo dos trabalhadores. "Esse documento vem sendo exigido para a contratação em diferentes empregos, a exemplo dos serviços de entrega a domicílio, manobristas em hotéis e restaurantes", afirma. 
No entanto, o alto custo do processo para conseguir o documento inviabiliza sua aquisição pela população mais pobre, argumenta Toledo. Segundo calcula, "se o candidato optar pelo serviço das autoescolas credenciadas no departamento de trânsito, terá um gasto médio superior a dois salários mínimos". 
Alexandre Toledo diz ainda que os setores empregadores de grandes contingentes de mão de obra não conseguem ocupar seus postos de trabalho por falta de trabalhadores qualificados. De acordo com ele, no setor transportador existem cerca de 40 mil vagas ociosas para motoristas. "A expectativa é de um apagão de mão de obra, caso nada seja feito", sustenta. 
Atualmente, pelo Código de Trânsito Brasileiro (Lei 9.503/97), a receita arrecadada com multas de trânsito deve ser aplicada, exclusivamente, em sinalização, engenharia de tráfego, de campo, policiamento, fiscalização e educação de trânsito. O Funset é constituído por 5% do total da arrecadação com multas. 
O projeto foi encaminhado para análise conclusiva das comissões de Viação e Transportes; de Finanças e Tributação; e de Constituição e Justiça e de Cidadania.

Informações: Agencia Câmara

Pessoa de baixa renda terá CNH grátis

Pessoas de baixa renda poderão ter a possibilidade de tirar a carteira de habilitação gratuitamente. O Projeto de Lei 5888/13 institui o Programa Nacional Social de Habilitação Profissional de Condutores de Veículos, a ser financiado com recursos do Fundo Nacional de Segurança e Educação de Trânsito (Funset). 
Segundo a proposta, caberá ao Conselho Nacional de Trânsito (Contran) definir os requisitos para participação no programa. 
Os beneficiados estarão dispensados de pagar as taxas relativas aos exames de aptidão física e mental; avaliação psicológica; licença de aprendizagem de direção veicular; confecção da carteira nacional de habilitação; e realização dos cursos teórico-técnico e de prática de direção. 
Conforme o autor da proposta, deputado Alexandre Toledo (PSB-AL), a carteira de habilitação é um documento indispensável no currículo dos trabalhadores. "Esse documento vem sendo exigido para a contratação em diferentes empregos, a exemplo dos serviços de entrega a domicílio, manobristas em hotéis e restaurantes", afirma. 
No entanto, o alto custo do processo para conseguir o documento inviabiliza sua aquisição pela população mais pobre, argumenta Toledo. Segundo calcula, "se o candidato optar pelo serviço das autoescolas credenciadas no departamento de trânsito, terá um gasto médio superior a dois salários mínimos". 
Alexandre Toledo diz ainda que os setores empregadores de grandes contingentes de mão de obra não conseguem ocupar seus postos de trabalho por falta de trabalhadores qualificados. De acordo com ele, no setor transportador existem cerca de 40 mil vagas ociosas para motoristas. "A expectativa é de um apagão de mão de obra, caso nada seja feito", sustenta. 
Atualmente, pelo Código de Trânsito Brasileiro (Lei 9.503/97), a receita arrecadada com multas de trânsito deve ser aplicada, exclusivamente, em sinalização, engenharia de tráfego, de campo, policiamento, fiscalização e educação de trânsito. O Funset é constituído por 5% do total da arrecadação com multas. 
O projeto foi encaminhado para análise conclusiva das comissões de Viação e Transportes; de Finanças e Tributação; e de Constituição e Justiça e de Cidadania.

Informações: Agencia Câmara