sexta-feira, 18 de julho de 2014

PREPARATIVOS PARA SÃO PEDRO DE ITIRUÇU NESTA SEXTA


Após a Prefeitura emitir nota oficial de que não faria a tradicional festa do São Pedro por falta de recursos, a iniciativa privada do município de Itiruçu decidiu realizar o evento nesta sexta feira (18) e neste sábado (19).
Contando com apenas cessão de espaço, agentes de saúde e de limpeza pública por parte da administração pública, um grupo formado por dono de festa de camisa, bem como por músicos e empresários de músicos decidiram se unirem e em reunião recente com o prefeito municipal, onde decidiram pela realização do evento, com banda locais e regionais, tudo custeado pelos empresários.
Um palco foi montado na praça Gilberto Scaldaferri, conhecida como praça da feira, onde as bandas irão se apresentarem. O evento mesmo de menor porte, vive expectativa de grande público. 


PREPARATIVOS PARA SÃO PEDRO DE ITIRUÇU NESTA SEXTA


Após a Prefeitura emitir nota oficial de que não faria a tradicional festa do São Pedro por falta de recursos, a iniciativa privada do município de Itiruçu decidiu realizar o evento nesta sexta feira (18) e neste sábado (19).
Contando com apenas cessão de espaço, agentes de saúde e de limpeza pública por parte da administração pública, um grupo formado por dono de festa de camisa, bem como por músicos e empresários de músicos decidiram se unirem e em reunião recente com o prefeito municipal, onde decidiram pela realização do evento, com banda locais e regionais, tudo custeado pelos empresários.
Um palco foi montado na praça Gilberto Scaldaferri, conhecida como praça da feira, onde as bandas irão se apresentarem. O evento mesmo de menor porte, vive expectativa de grande público. 


AMARGOSA: DIZ QUE NÃO ATIROU DENTRO DA CASA ONDE ESTAVA CRIANÇA MORTA COM UM DISPARO

O investigador envolvido no episódio ocorrido no bairro Catiara, em Amargosa, apresentou-se na Corregedoria da Policia Civil (Correpol), na tarde desta quinta-feira (17), em Salvador, fornecendo à delegada Andreia Cardoso informações sobre os momentos que precederam a morte de uma menina, baleada durante perseguição policial a um homicida foragido da Justiça, de prenome Ricardo. A corregedora-chefe da Correpol, delegada Heloísa Campos Brito, permaneceu em Amargosa, durante todo o dia, adotando os primeiros procedimentos correcionais. 
Lotado na Delegacia Territorial (DT) de Amargosa, o policial, em seu depoimento, disse que recebeu um telefonema denunciando a presença de um traficante apelidado de “Bolacha”, no bairro Catiara. Ele estaria desmontando uma motocicleta, furtada do Fórum da cidade. Ao dirigir-se juntamente com um soldado da Polícia Militar ao local da denúncia, ele avistou Ricardo, acompanhado de dois homens, em atitude suspeita, e percebeu que ele escondia uma arma sob a camisa.
Ainda segundo o depoimento, durante a abordagem, Ricardo reagiu atirando. Houve troca de tiros e o investigador disparou duas vezes na direção do criminoso, em via pública. Na fuga, Ricardo entrou em uma casa, foi seguido pelo policial, mas não foi mais visto. O policial disse que não atirou dentro da casa ou em seu quintal e, quando procurava sair do local, repentinamente, de um dos cômodos do imóvel, saiu uma mulher carregando uma criança ferida. 
O próprio investigador socorreu a criança ao Hospital Municipal de Amargosa, permanecendo ali até ser levado de volta à DT pela delegada titular e um escrivão.
Utilizando seu veículo particular, seguiu para Salvador, apresentou-se à Correpol e entregou sua arma, com dois tiros deflagrados, que será periciada no Departamento de Policia Técnica (DPT). Depois de ouvido pela delegada Andreia Cardoso ele foi liberado e será afasto das atividades até a conclusão do inquérito. A Correpol vai prosseguir com a apuração dos fatos. O policial militar que o acompanhava na diligência também foi ouvido pela corregedoria.

Informações: Aratu Online

AMARGOSA: DIZ QUE NÃO ATIROU DENTRO DA CASA ONDE ESTAVA CRIANÇA MORTA COM UM DISPARO

O investigador envolvido no episódio ocorrido no bairro Catiara, em Amargosa, apresentou-se na Corregedoria da Policia Civil (Correpol), na tarde desta quinta-feira (17), em Salvador, fornecendo à delegada Andreia Cardoso informações sobre os momentos que precederam a morte de uma menina, baleada durante perseguição policial a um homicida foragido da Justiça, de prenome Ricardo. A corregedora-chefe da Correpol, delegada Heloísa Campos Brito, permaneceu em Amargosa, durante todo o dia, adotando os primeiros procedimentos correcionais. 
Lotado na Delegacia Territorial (DT) de Amargosa, o policial, em seu depoimento, disse que recebeu um telefonema denunciando a presença de um traficante apelidado de “Bolacha”, no bairro Catiara. Ele estaria desmontando uma motocicleta, furtada do Fórum da cidade. Ao dirigir-se juntamente com um soldado da Polícia Militar ao local da denúncia, ele avistou Ricardo, acompanhado de dois homens, em atitude suspeita, e percebeu que ele escondia uma arma sob a camisa.
Ainda segundo o depoimento, durante a abordagem, Ricardo reagiu atirando. Houve troca de tiros e o investigador disparou duas vezes na direção do criminoso, em via pública. Na fuga, Ricardo entrou em uma casa, foi seguido pelo policial, mas não foi mais visto. O policial disse que não atirou dentro da casa ou em seu quintal e, quando procurava sair do local, repentinamente, de um dos cômodos do imóvel, saiu uma mulher carregando uma criança ferida. 
O próprio investigador socorreu a criança ao Hospital Municipal de Amargosa, permanecendo ali até ser levado de volta à DT pela delegada titular e um escrivão.
Utilizando seu veículo particular, seguiu para Salvador, apresentou-se à Correpol e entregou sua arma, com dois tiros deflagrados, que será periciada no Departamento de Policia Técnica (DPT). Depois de ouvido pela delegada Andreia Cardoso ele foi liberado e será afasto das atividades até a conclusão do inquérito. A Correpol vai prosseguir com a apuração dos fatos. O policial militar que o acompanhava na diligência também foi ouvido pela corregedoria.

Informações: Aratu Online

CHINA PROPÕE FUNDO DE US$20 BI PARA PAÍSES LATINOS

Segundo a presidente Dilma Rousseff, que participou do encontro entre representantes da América Latina e Caribe e o presidente Chinês, Xi Jinping, o fundo deve ter um capital inicial de US$ 10 bilhões; “Eles propuseram fazer isso imediatamente para estar pronto no ano que vem”, disse; chineses ofereceram ainda linha especial de crédito que “pode chegar até US$ 10 bilhões.
Além do fundo e da linha de crédito, ficou acertada, na reunião desta quinta-feira a constituição do Fórum América Latina, Caribe e China. O encontro serviu ainda para os países acertarem a constituição de um fundo de cooperação sino-latino-americano-caribenho, no valor de 5 bilhões de dólares. Segundo Dilma, ainda serão definidas as áreas a que será destinado esse fundo.
A presença do presidente chinês em Brasília para a conversa com os países latino-americanos teve um enorme simbolismo político. A China tem interesse em investimentos na região, sobretudo na área de infraestrutura e deu seus primeiros passos de aproximação desses países nesta quinta.
Brasil e China assinaram diversos atos de cooperação e acordos energéticos, financeiros e industriais, incluindo a ampliação de linhas de crédito de 7,5 bilhões de dólares para a Vale (VALE5.SA: Cotações) e a compra de 60 aviões de passageiros da Embraer (EMBR3.SA: Cotações). 

CHINA PROPÕE FUNDO DE US$20 BI PARA PAÍSES LATINOS

Segundo a presidente Dilma Rousseff, que participou do encontro entre representantes da América Latina e Caribe e o presidente Chinês, Xi Jinping, o fundo deve ter um capital inicial de US$ 10 bilhões; “Eles propuseram fazer isso imediatamente para estar pronto no ano que vem”, disse; chineses ofereceram ainda linha especial de crédito que “pode chegar até US$ 10 bilhões.
Além do fundo e da linha de crédito, ficou acertada, na reunião desta quinta-feira a constituição do Fórum América Latina, Caribe e China. O encontro serviu ainda para os países acertarem a constituição de um fundo de cooperação sino-latino-americano-caribenho, no valor de 5 bilhões de dólares. Segundo Dilma, ainda serão definidas as áreas a que será destinado esse fundo.
A presença do presidente chinês em Brasília para a conversa com os países latino-americanos teve um enorme simbolismo político. A China tem interesse em investimentos na região, sobretudo na área de infraestrutura e deu seus primeiros passos de aproximação desses países nesta quinta.
Brasil e China assinaram diversos atos de cooperação e acordos energéticos, financeiros e industriais, incluindo a ampliação de linhas de crédito de 7,5 bilhões de dólares para a Vale (VALE5.SA: Cotações) e a compra de 60 aviões de passageiros da Embraer (EMBR3.SA: Cotações). 

DERROTA DA SELEÇÃO NÃO AFETOU DILMA: SEGUNDO DATAFOLHA/GLOBO, ELA VENCERIA NO 1º TURNO

Pesquisa Datafolha divulgada pela TV Globo, nesta quinta-feira (17), mostra que a disputa pela Presidência da República não apresentou grandes mudanças em relação aos últimos números apresentados pelos institutos de pesquisa. Esta é a primeira sondagem a ser realizada após o final da Copa do Mundo no país.

Veja os números:
Dilma Rousseff (PT) - 36%
Aécio Neves (PSDB) - 20%
Eduardo Campos (PSB) - 8%
Pastor Everaldo (PSC) - 3%
Brancos e nulos - 13%
Indecisos - 14%

Na disputa por um eventual segundo turno, o cenário apresenta os números abaixo:
Dilma 44% X 40% Aécio
Dilma 45% X 38% Campos

Quanto à avaliação do governo, os números foram os seguintes:
Bom/Ótimo - 32% (queda de 3 pontos)
Regular - 32% (queda de 3 pontos
Ruim/Péssimo - 29% (subida de 3 pontos)

Em relação à pesquisa anterior, a taxa de rejeição a Dilma subiu de 32% para 35%. O segundo mais rejeitado é o candidato Pastor Everaldo (PSC), que tem 3% das intenções de voto, mas 18% de rejeição. Os que rejeitam Aécio oscilaram de 16% para 17%. Campos mantém os 12% da pesquisa anterior.
O Datafolha ouviu 5.377 eleitores em 223 municípios na terça (15) e nesta quarta-feira (16). O levantamento foi encomendado pela Folha em parceria com a TV Globo.
A última pesquisa Datafolha foi divulgada em 2 de julho. Nela, a presidente Dilma Rousseff (PT) cresceu de 34% para 38% em um mês. No mesmo intervalo, o candidato do PSDB, Aécio Neves, oscilou de 19% para 20%. Já o candidato do PSB, Eduardo Campos variou de 7% para 9%, deixando assim a posição de empate técnico com o candidato Pastor Everaldo Pereira (PSC), estacionado em 4%.

Informações: Brasil 247

DERROTA DA SELEÇÃO NÃO AFETOU DILMA: SEGUNDO DATAFOLHA/GLOBO, ELA VENCERIA NO 1º TURNO

Pesquisa Datafolha divulgada pela TV Globo, nesta quinta-feira (17), mostra que a disputa pela Presidência da República não apresentou grandes mudanças em relação aos últimos números apresentados pelos institutos de pesquisa. Esta é a primeira sondagem a ser realizada após o final da Copa do Mundo no país.

Veja os números:
Dilma Rousseff (PT) - 36%
Aécio Neves (PSDB) - 20%
Eduardo Campos (PSB) - 8%
Pastor Everaldo (PSC) - 3%
Brancos e nulos - 13%
Indecisos - 14%

Na disputa por um eventual segundo turno, o cenário apresenta os números abaixo:
Dilma 44% X 40% Aécio
Dilma 45% X 38% Campos

Quanto à avaliação do governo, os números foram os seguintes:
Bom/Ótimo - 32% (queda de 3 pontos)
Regular - 32% (queda de 3 pontos
Ruim/Péssimo - 29% (subida de 3 pontos)

Em relação à pesquisa anterior, a taxa de rejeição a Dilma subiu de 32% para 35%. O segundo mais rejeitado é o candidato Pastor Everaldo (PSC), que tem 3% das intenções de voto, mas 18% de rejeição. Os que rejeitam Aécio oscilaram de 16% para 17%. Campos mantém os 12% da pesquisa anterior.
O Datafolha ouviu 5.377 eleitores em 223 municípios na terça (15) e nesta quarta-feira (16). O levantamento foi encomendado pela Folha em parceria com a TV Globo.
A última pesquisa Datafolha foi divulgada em 2 de julho. Nela, a presidente Dilma Rousseff (PT) cresceu de 34% para 38% em um mês. No mesmo intervalo, o candidato do PSDB, Aécio Neves, oscilou de 19% para 20%. Já o candidato do PSB, Eduardo Campos variou de 7% para 9%, deixando assim a posição de empate técnico com o candidato Pastor Everaldo Pereira (PSC), estacionado em 4%.

Informações: Brasil 247

quinta-feira, 17 de julho de 2014

Bebê via TV no colo do pai quando foi morta: 'ela me dava beijo', lamenta pai

Muito abalado e amparado por amigos, o comerciante Luis Carlos Silva, de 22 anos, chegou por volta das 15h desta quinta-feira (17) para o velório da sua única filha, de só um ano e um mês, morta com um tiro na noite anterior, dentro de casa, na cidade de Amargosa. A menina foi baleada na cabeça enquanto estava nos braços do pai. O crime gerou série de ataques na cidade, resultado em quase 50 veículos e a delegacia local destruídos.
"Eu estava com minha filha no braço, vendo televisão, ela me dando beijo, quandos os dois policiais entraram e atiraram. Ela foi baleada no meu colo. Eles nem ligaram para dar socorro, mandaram eu ir para a desgraça", afirma. Segundo ele, os dois policiais entraram na casa e tentaram balear um homem, que teria fugido e invadido a residência momentos antes.
"Eles só deram socorro e levaram minha filha para o hospital porque a população chegou em cima. Mas não teve jeito. Ela morreu no hospital mesmo", disse. O sepultamento da menina está marcado para as 16h. A cidade teve reforço de 100 policiais militares 30 civis.
"É muita tristeza, eu fazia tudo por essa menina, todo mundo gostava dela. Quando via gente passando, ela mandava beijo. Não sei porque fizeram isso, sou uma pessoa trabalhadora, tenho um barzinho". Segundo ele, a menina completou um ano e um mês no dia do crime. "É muito triste ver uma coisa pequena daquela, um parente nosso, ser morto daquele jeito. Minha neta era uma boneca, uma coisa linda", acrescenta o avô, Honório Souza.
O crime também foi presenciado pela mãe da criação, que ainda teria tentado conversar com os policiais. "Eles viram minha sobrinha atingida e disseram que estavam acostumados com isso. Minha irmã saiu desesperada de casa, mas eles disseram que a filha deles era mais um", afirma Letícia santos, tia da criança.
"Foi um pesadelo. Estamos traumatizados. Não sei se vamos superar", completa. "A população tocou fogo nos carros porque estava desesperada. Mataram Uma criança amorosa, que todo mundo gostava", afirma a moradora Maria Bíbliana.

Portal - G1/Foto Amargosa News

Bebê via TV no colo do pai quando foi morta: 'ela me dava beijo', lamenta pai

Muito abalado e amparado por amigos, o comerciante Luis Carlos Silva, de 22 anos, chegou por volta das 15h desta quinta-feira (17) para o velório da sua única filha, de só um ano e um mês, morta com um tiro na noite anterior, dentro de casa, na cidade de Amargosa. A menina foi baleada na cabeça enquanto estava nos braços do pai. O crime gerou série de ataques na cidade, resultado em quase 50 veículos e a delegacia local destruídos.
"Eu estava com minha filha no braço, vendo televisão, ela me dando beijo, quandos os dois policiais entraram e atiraram. Ela foi baleada no meu colo. Eles nem ligaram para dar socorro, mandaram eu ir para a desgraça", afirma. Segundo ele, os dois policiais entraram na casa e tentaram balear um homem, que teria fugido e invadido a residência momentos antes.
"Eles só deram socorro e levaram minha filha para o hospital porque a população chegou em cima. Mas não teve jeito. Ela morreu no hospital mesmo", disse. O sepultamento da menina está marcado para as 16h. A cidade teve reforço de 100 policiais militares 30 civis.
"É muita tristeza, eu fazia tudo por essa menina, todo mundo gostava dela. Quando via gente passando, ela mandava beijo. Não sei porque fizeram isso, sou uma pessoa trabalhadora, tenho um barzinho". Segundo ele, a menina completou um ano e um mês no dia do crime. "É muito triste ver uma coisa pequena daquela, um parente nosso, ser morto daquele jeito. Minha neta era uma boneca, uma coisa linda", acrescenta o avô, Honório Souza.
O crime também foi presenciado pela mãe da criação, que ainda teria tentado conversar com os policiais. "Eles viram minha sobrinha atingida e disseram que estavam acostumados com isso. Minha irmã saiu desesperada de casa, mas eles disseram que a filha deles era mais um", afirma Letícia santos, tia da criança.
"Foi um pesadelo. Estamos traumatizados. Não sei se vamos superar", completa. "A população tocou fogo nos carros porque estava desesperada. Mataram Uma criança amorosa, que todo mundo gostava", afirma a moradora Maria Bíbliana.

Portal - G1/Foto Amargosa News

Dor revolta e caos após sepultamento de bebê morta a tiro em Amargosa

Com gritos de protesto e pedido de justiça, centenas de pessoas acompanharam o sepultamento da pequena Maria Vitória Souza Santos, morta dentro de casa na noite desta quarta-feira (16), em Amargosa, após ser baleada na cabeça durante uma ação envolvendo a polícia civil.
O crime motivou uma reação violenta que incluiu queima de veículos, depredações, além da soltura de presos e o incêndio na delegacia de polícia de Amargosa. Na cidade, o clima é tensão e medo. Durante esta quinta-feira (17), comércio local, repartições públicas e privadas mantiveram suas portas fechadas, e as aulas foram suspensas, mesmo com a presença de grande contingente da polícia. O Secretário de Segurança Pública do Estado da Bahia, Maurício Barbosa esteve em Amargosa acompanhando a movimentação. A imprensa de todo o Estado da Bahia noticio o fato que virou destaque no noticiário nacional. 
Maurício Barbosa, garantiu que o maior contingente possível da polícia foi enviado para a cidade do Vale do Jiquiriçá. Segundo Barbosa, ainda não existe uma dimensão real do que aconteceu na cidade, mas ele garante que a Polícia Militar especializada e a Coordenadoria da Polícia Civil já estão trabalhando para regularizar a situação e devolver a tranqüilidade dos moradores.
A menina de 1 ano foi baleada e morta durante uma operação policial no bairro da Catiara, uma das áreas com maior incidência de tráfico de entorpecentes na cidade. A menina depois chegou a ser levada ao Hospital de Amargosa, mas não resistiu. Não se sabe ao certo quem foi o culpado.
Um suspeito de ter invadido a delegacia, conhecido "Ró" foi atingido após trocar tiros com a Policia na manhã desta quinta feira (17), e dois entraram no matagal da região. O fato ocorreu no Alto da Bela Vista próximo a localidade conhecida com Baixa do Sapo. Com o acusado preso e baleado, foi encontrada armas, drogas e objetos roubados da delegacia. 
O Clima ainda é tenso e a ameaças de mais distúrbios.


Fotos: B. Marcos Frahm e Amargosa News

Dor revolta e caos após sepultamento de bebê morta a tiro em Amargosa

Com gritos de protesto e pedido de justiça, centenas de pessoas acompanharam o sepultamento da pequena Maria Vitória Souza Santos, morta dentro de casa na noite desta quarta-feira (16), em Amargosa, após ser baleada na cabeça durante uma ação envolvendo a polícia civil.
O crime motivou uma reação violenta que incluiu queima de veículos, depredações, além da soltura de presos e o incêndio na delegacia de polícia de Amargosa. Na cidade, o clima é tensão e medo. Durante esta quinta-feira (17), comércio local, repartições públicas e privadas mantiveram suas portas fechadas, e as aulas foram suspensas, mesmo com a presença de grande contingente da polícia. O Secretário de Segurança Pública do Estado da Bahia, Maurício Barbosa esteve em Amargosa acompanhando a movimentação. A imprensa de todo o Estado da Bahia noticio o fato que virou destaque no noticiário nacional. 
Maurício Barbosa, garantiu que o maior contingente possível da polícia foi enviado para a cidade do Vale do Jiquiriçá. Segundo Barbosa, ainda não existe uma dimensão real do que aconteceu na cidade, mas ele garante que a Polícia Militar especializada e a Coordenadoria da Polícia Civil já estão trabalhando para regularizar a situação e devolver a tranqüilidade dos moradores.
A menina de 1 ano foi baleada e morta durante uma operação policial no bairro da Catiara, uma das áreas com maior incidência de tráfico de entorpecentes na cidade. A menina depois chegou a ser levada ao Hospital de Amargosa, mas não resistiu. Não se sabe ao certo quem foi o culpado.
Um suspeito de ter invadido a delegacia, conhecido "Ró" foi atingido após trocar tiros com a Policia na manhã desta quinta feira (17), e dois entraram no matagal da região. O fato ocorreu no Alto da Bela Vista próximo a localidade conhecida com Baixa do Sapo. Com o acusado preso e baleado, foi encontrada armas, drogas e objetos roubados da delegacia. 
O Clima ainda é tenso e a ameaças de mais distúrbios.


Fotos: B. Marcos Frahm e Amargosa News

AVIÃO COM 300 PASSAGEIROS DERRUBADO NA UCRÂNIA: Aviação Russa suspeita de que inteção era avião presidencia

O presidente da Ucrânia, Petro Poroshenko, acaba de se manifestar sobre a derrubada de um Boeing da Malaysia Airlines por um míssil em seu território, numa tragédia que matou 295 pessoas; "ato terrorista", disse ele; aeronave da Malaysia Airlines caiu na Ucrânia, próximo a fronteira com a Rússia, segundo a agência russa de notícias Interfax; um assessor do ministro do Interior ucraniano confirmou que 280 passageiros e 15 membros da tripulação morreram; avião da Boeing, que estava voando de Amsterdã para Kuala Lumpur, teria sido atingido por um míssil disparado do solo; destroços em chamas do avião da Malásia e corpos foram encontrados no leste da Ucrânia; separatistas russos deverão ser acusados pelo Ocidente.
Enquanto Kiev põe culpa nos separatistas, o site Russia Today, principal fonte de notícias sobre a Rússia sem viés pró-Ocidente, acaba de publicar uma notícia bombástica: a de que o governo ucraniano pode ter tentado assassinar o presidente russo Vladimir Putin, que regressava da cúpula dos BRICs e fazia praticamente a mesma rota do voo MH17, da Malaysia Airlines, que foi abatido por um míssil no espaço aéreo ucraniano, numa tragédia que matou 295 pessoas. Caso a suspeita se confirme, o mundo estará à beira de um grande conflito envolvendo a segunda maior potência nuclear do planeta.
Já o secretário de imprensa da Casa Branca informou em comunicado que o vice-presidente dos Estados Unidos, Joe Biden, "ofereceu assistência dos Estados Unidos para ajudar a confirmar o que aconteceu e por que" no caso da queda do avião da Malaysia Airlines, com 295 a bordo; Biden telefonou para o presidente da Ucrânia, Petro Poroshenko.
O líder separatista pró-Rússia Aleksander Borodai atribuiu a queda de um avião de passageiros da Malásia no leste da Ucrânia às forças ucranianas, que ele acusou de ter derrubado o aparelho.
"Aparentemente, é mesmo um avião de passageiros, abatido na verdade pela Força Aérea Ucraniana", disse o Borodai à TV estatal russa Rossiya 24.
Os voos internacionais estam sendo evitado de passar pelo espaço aéreo da Ucrania após a derrubada do Boeing 777 de Malaysian Airlines sobre a República Popular de Donetsk.

AVIÃO COM 300 PASSAGEIROS DERRUBADO NA UCRÂNIA: Aviação Russa suspeita de que inteção era avião presidencia

O presidente da Ucrânia, Petro Poroshenko, acaba de se manifestar sobre a derrubada de um Boeing da Malaysia Airlines por um míssil em seu território, numa tragédia que matou 295 pessoas; "ato terrorista", disse ele; aeronave da Malaysia Airlines caiu na Ucrânia, próximo a fronteira com a Rússia, segundo a agência russa de notícias Interfax; um assessor do ministro do Interior ucraniano confirmou que 280 passageiros e 15 membros da tripulação morreram; avião da Boeing, que estava voando de Amsterdã para Kuala Lumpur, teria sido atingido por um míssil disparado do solo; destroços em chamas do avião da Malásia e corpos foram encontrados no leste da Ucrânia; separatistas russos deverão ser acusados pelo Ocidente.
Enquanto Kiev põe culpa nos separatistas, o site Russia Today, principal fonte de notícias sobre a Rússia sem viés pró-Ocidente, acaba de publicar uma notícia bombástica: a de que o governo ucraniano pode ter tentado assassinar o presidente russo Vladimir Putin, que regressava da cúpula dos BRICs e fazia praticamente a mesma rota do voo MH17, da Malaysia Airlines, que foi abatido por um míssil no espaço aéreo ucraniano, numa tragédia que matou 295 pessoas. Caso a suspeita se confirme, o mundo estará à beira de um grande conflito envolvendo a segunda maior potência nuclear do planeta.
Já o secretário de imprensa da Casa Branca informou em comunicado que o vice-presidente dos Estados Unidos, Joe Biden, "ofereceu assistência dos Estados Unidos para ajudar a confirmar o que aconteceu e por que" no caso da queda do avião da Malaysia Airlines, com 295 a bordo; Biden telefonou para o presidente da Ucrânia, Petro Poroshenko.
O líder separatista pró-Rússia Aleksander Borodai atribuiu a queda de um avião de passageiros da Malásia no leste da Ucrânia às forças ucranianas, que ele acusou de ter derrubado o aparelho.
"Aparentemente, é mesmo um avião de passageiros, abatido na verdade pela Força Aérea Ucraniana", disse o Borodai à TV estatal russa Rossiya 24.
Os voos internacionais estam sendo evitado de passar pelo espaço aéreo da Ucrania após a derrubada do Boeing 777 de Malaysian Airlines sobre a República Popular de Donetsk.

ITIRUÇU: PREFEITURA DECRETA FERIADO MUNICIPAL E ANTECIPA FEIRA LIVRE PARA ESTA SEXTA

A Prefeitura de Itiruçu com base na realização dos festejos de São Pedro nos dias 18 e 19, bem como a realização da feira livre nesta sexta feira (18), através do decreto nº 032 de 16 de Julho de 2014 institui feriado nesta sexta feira em todo território municipal.
Com isso, as Unidades Municipais que prestam serviços considerados essenciais, nos quais não se admite interrupção, deverão adotar escala especial de plantão, de modo a garantir a continuidade dos citados serviços. Já as demais unidades estarão com serviços suspensos.

Foto: Blog Ed Santos

ITIRUÇU: PREFEITURA DECRETA FERIADO MUNICIPAL E ANTECIPA FEIRA LIVRE PARA ESTA SEXTA

A Prefeitura de Itiruçu com base na realização dos festejos de São Pedro nos dias 18 e 19, bem como a realização da feira livre nesta sexta feira (18), através do decreto nº 032 de 16 de Julho de 2014 institui feriado nesta sexta feira em todo território municipal.
Com isso, as Unidades Municipais que prestam serviços considerados essenciais, nos quais não se admite interrupção, deverão adotar escala especial de plantão, de modo a garantir a continuidade dos citados serviços. Já as demais unidades estarão com serviços suspensos.

Foto: Blog Ed Santos

ITIRUÇUENSE É VÍTIMA DE "MAL VENDEDOR" E FAZ DENÚNCIA EM PROGRAMA DE TV

O desrespeito ao consumidor é algo ainda muito presente no dia-a-dia do brasileiro. O que devemos fazer quando sofremos situações desta natureza? Nos calar, ou denunciar?! Na tarde desta última quarta feira (16) a itiruçuense Rosenir Santana, atualmente morando na cidade de São Paulo, passou por uma situação quando comprou um andador para o filho, que tem problemas de saúde, através da internet. O site estabeleceu o prazo de até dez dias para a entrega do produto, porém, um mês se passou e a consumidora não recebeu o aparelho. Rose solicitou a devolução do dinheiro à loja, mas a solicitação não foi atendida. 
Diante do flagrante descaso, a mesma não se calou e procurou o Programa Da Tarde apresentado por Hilton Antônio Mendonça, Britto Jr., Ana Hickmann e Ticiane Pinheiro, da rede Record, no quadro, "a Patrulha do Consumidor", a procura de solução.
Acompanhe o caso no vídeo abaixo:

ITIRUÇUENSE É VÍTIMA DE "MAL VENDEDOR" E FAZ DENÚNCIA EM PROGRAMA DE TV

O desrespeito ao consumidor é algo ainda muito presente no dia-a-dia do brasileiro. O que devemos fazer quando sofremos situações desta natureza? Nos calar, ou denunciar?! Na tarde desta última quarta feira (16) a itiruçuense Rosenir Santana, atualmente morando na cidade de São Paulo, passou por uma situação quando comprou um andador para o filho, que tem problemas de saúde, através da internet. O site estabeleceu o prazo de até dez dias para a entrega do produto, porém, um mês se passou e a consumidora não recebeu o aparelho. Rose solicitou a devolução do dinheiro à loja, mas a solicitação não foi atendida. 
Diante do flagrante descaso, a mesma não se calou e procurou o Programa Da Tarde apresentado por Hilton Antônio Mendonça, Britto Jr., Ana Hickmann e Ticiane Pinheiro, da rede Record, no quadro, "a Patrulha do Consumidor", a procura de solução.
Acompanhe o caso no vídeo abaixo:

OBAMA PODEM DAR MAIS GÁS A PUTIN ENTRE BRICS, APÓS SANÇÕES UNILATERAIS


O anúncio de novas sanções dos EUA à Rússia no momento em que Vladmir Putin comemora a criação do Banco dos BRICS, demonstrando força na América Latina, que era considerado pelos norte americanos como seu pátio traseiro, podem fortalecer ainda mais o presidente russo.
“O novo ataque do governo Obama contra Putin ainda precisa ser estimado em números, mas seu "timing" não poderia ser mais friamente calculado”, diz o jornalista Igor Gielow, da Folha.
Especialistas acreditam ainda que as sanções podem afetar o próprio povo dos Estados Unidos, segundo pontuou recentemente o órgão máximo comercial daquele país.
Logo, segundo o jornalista, "Washington pode involuntariamente dar gás ao discurso de Putin a seus colegas dos BRICS: de que as sanções são meramente instrumentos de pressão dos EUA sobre países que não concordem com suas políticas". Ou seja com a desculpa de proteger da influência russa, o regime de Kiev que bombardeia o leste ucraniano, Obama pode ter dado um tiro pela culatra, uma vez que a influencia norte americana na America Latina, cada vez é mais rechaçada, dado a que a parceria dos americanos do norte, apenas consiste em extraí os recursos naturais para o seu enriquecimento, deixando aos latinos apenas danos ambientais e pobreza, além da acensão de regimes neoliberais ou autoritários, que naturalmente governa contra os interesses da maioria da população, em detrimento de uma minoria que lucra com o sistema.

OBAMA PODEM DAR MAIS GÁS A PUTIN ENTRE BRICS, APÓS SANÇÕES UNILATERAIS


O anúncio de novas sanções dos EUA à Rússia no momento em que Vladmir Putin comemora a criação do Banco dos BRICS, demonstrando força na América Latina, que era considerado pelos norte americanos como seu pátio traseiro, podem fortalecer ainda mais o presidente russo.
“O novo ataque do governo Obama contra Putin ainda precisa ser estimado em números, mas seu "timing" não poderia ser mais friamente calculado”, diz o jornalista Igor Gielow, da Folha.
Especialistas acreditam ainda que as sanções podem afetar o próprio povo dos Estados Unidos, segundo pontuou recentemente o órgão máximo comercial daquele país.
Logo, segundo o jornalista, "Washington pode involuntariamente dar gás ao discurso de Putin a seus colegas dos BRICS: de que as sanções são meramente instrumentos de pressão dos EUA sobre países que não concordem com suas políticas". Ou seja com a desculpa de proteger da influência russa, o regime de Kiev que bombardeia o leste ucraniano, Obama pode ter dado um tiro pela culatra, uma vez que a influencia norte americana na America Latina, cada vez é mais rechaçada, dado a que a parceria dos americanos do norte, apenas consiste em extraí os recursos naturais para o seu enriquecimento, deixando aos latinos apenas danos ambientais e pobreza, além da acensão de regimes neoliberais ou autoritários, que naturalmente governa contra os interesses da maioria da população, em detrimento de uma minoria que lucra com o sistema.

quarta-feira, 16 de julho de 2014

30 candidatos baianos teve impugnação pedida pela PRE

Cerca de 30 candidatos as eleições de 2014 na Bahia teve solicitada a impugnação de suas candidaturas pela Procuradoria Regional Eleitoral na Bahia (PRE-BA). Sete concorrem à vaga de deputado federal e os demais a de deputado estadual. A relação dos candidatos impugnados está disponível no site da PRE. O órgão analisou 982 pedidos de registro de candidatura na Bahia.
As ações teve como base a Lei de Ficha Limpa (nº 135/2010), que não permite que candidatos com pendencias judiciais e contas rejeitadas participem das eleições. O principal problema encontrado na Bahia foram políticos que tiveram as contas rejeitadas pelos Tribunal de Contas da União, Estado e Municípios.
A Justiça Eleitoral deve analisar as ações de impugnação propostas pela PRE. Os candidatos com registros impugnados têm sete dias para entrar com recurso.

30 candidatos baianos teve impugnação pedida pela PRE

Cerca de 30 candidatos as eleições de 2014 na Bahia teve solicitada a impugnação de suas candidaturas pela Procuradoria Regional Eleitoral na Bahia (PRE-BA). Sete concorrem à vaga de deputado federal e os demais a de deputado estadual. A relação dos candidatos impugnados está disponível no site da PRE. O órgão analisou 982 pedidos de registro de candidatura na Bahia.
As ações teve como base a Lei de Ficha Limpa (nº 135/2010), que não permite que candidatos com pendencias judiciais e contas rejeitadas participem das eleições. O principal problema encontrado na Bahia foram políticos que tiveram as contas rejeitadas pelos Tribunal de Contas da União, Estado e Municípios.
A Justiça Eleitoral deve analisar as ações de impugnação propostas pela PRE. Os candidatos com registros impugnados têm sete dias para entrar com recurso.

BANCO DOS BRICS PASSARÁ PARA TRAZ FMI E BANCO MUNDIAL ALÉM DE TRAZER AVANÇOS PARA O BRASIL

A criação de um banco do Brics — grupo que reúne Brasil, Rússia, Índia, China e África do Sul —, anunciada nesta terça-feira, é vista por especialistas como uma oportunidade para o país ampliar investimentos em infraestrutura e aumentar sua relevância internacional.
Além de lançar o Novo Banco de Desenvolvimento, que terá sede em Xangai, na China, o bloco oficializou a formação de um fundo de emergência contra crises de US$ 100 bilhões.
A novidade, divulgada durante a 6ª Cúpula do Brics, realizada em Fortaleza (CE), é a primeira ação significativa do grupo de países emergentes criado em 2006 em busca de uma maior influência global. Até então, os encontros eram pautados por muitos discursos e intenções comuns, sem grandes resultados práticos. Isso mudou nesta semana e, segundo especialistas consultados por ZH, pode trazer benefícios ao país e ao Estado em diferentes áreas — embora não imediatamente.
O banco, com capital inicial de US$ 50 bilhões que pode chegar ao dobro nos anos seguintes, terá de ser ratificado pelos parlamentos de cada país e poderá começar a emprestar dinheiro em 2016. Mas, para a professora de Relações Internacionais da Universidade Federal de São Paulo Cristina Pecequilo, o simples anúncio da instituição já é significativo para o país.

BANCO DOS BRICS PASSARÁ PARA TRAZ FMI E BANCO MUNDIAL ALÉM DE TRAZER AVANÇOS PARA O BRASIL

A criação de um banco do Brics — grupo que reúne Brasil, Rússia, Índia, China e África do Sul —, anunciada nesta terça-feira, é vista por especialistas como uma oportunidade para o país ampliar investimentos em infraestrutura e aumentar sua relevância internacional.
Além de lançar o Novo Banco de Desenvolvimento, que terá sede em Xangai, na China, o bloco oficializou a formação de um fundo de emergência contra crises de US$ 100 bilhões.
A novidade, divulgada durante a 6ª Cúpula do Brics, realizada em Fortaleza (CE), é a primeira ação significativa do grupo de países emergentes criado em 2006 em busca de uma maior influência global. Até então, os encontros eram pautados por muitos discursos e intenções comuns, sem grandes resultados práticos. Isso mudou nesta semana e, segundo especialistas consultados por ZH, pode trazer benefícios ao país e ao Estado em diferentes áreas — embora não imediatamente.
O banco, com capital inicial de US$ 50 bilhões que pode chegar ao dobro nos anos seguintes, terá de ser ratificado pelos parlamentos de cada país e poderá começar a emprestar dinheiro em 2016. Mas, para a professora de Relações Internacionais da Universidade Federal de São Paulo Cristina Pecequilo, o simples anúncio da instituição já é significativo para o país.

VEJA COMO BANCO DOS BRICS BENEFICIARÁ O BRASIL

Infraestrutura: um dos focos do "banco do Brics" será o apoio a projetos de infraestrutura — justamente um dos maiores gargalos de países emergentes como o Brasil para garantir crescimento adequado. O acesso facilitado aos recursos do banco pode estimular investimentos em estradas, portos, energia, entre muitas outras áreas que hoje carecem de melhorias.
Condições de empréstimo: os países emergentes dependiam do auxílio de instituições como o Banco Mundial e o Fundo Monetário Internacional para tocar grandes projetos ou superar crises. Essas instituições exigem obediência a determinadas regras para liberar o dinheiro. Essas regras são determinadas segundo as políticas econômicas defendidas pelos países que controlam essas instituições, como os Estados Unidos. De acordo com o professor de Relações Institucionais André Silva, a instituição deve criar condições voltadas aos interesses dos emergentes, com potencial de interação com outros países em desenvolvimento na Ásia, na África e na América Latina.
Relevância política: um dos objetivos estratégicos do novo banco e do fundo de emergência é criar uma alternativa a instituições controladas pelas superpotências como o FMI. Há vários anos, o Brics tentava alterar a organização do FMI para aumentar o nível de poder dos emergentes na instituição. Como até agora os avanços foram limitados, o lançamento de seu próprio banco e de um novo fundo de emergência aumenta o peso político e econômico desses países no cenário internacional.
Estímulo a empresas: a Confederação Nacional da Indústria (CNI) acredita que o lançamento do banco deverá fortalecer as empresas brasileiras no Exterior ao facilitar investimentos. Projetos em infraestrutura viabilizados pelo banco no Brasil também poderiam reduzir o custo da produção nacional, aumentando a competitividade do país.
Ajuda a outros países: além do banco, a criação de um fundo de emergência para economias emergentes pode ajudar não apenas diretamente o Brasil, mas indiretamente ao socorrer países com os quais os brasileiros mantêm fortes relações comerciais. Uma eventual ajuda à Argentina, por exemplo, ajudaria o setor calçadista gaúcho que exporta para o país vizinho, segundo o economista Antonio Carlos Fraquelli.

VEJA COMO BANCO DOS BRICS BENEFICIARÁ O BRASIL

Infraestrutura: um dos focos do "banco do Brics" será o apoio a projetos de infraestrutura — justamente um dos maiores gargalos de países emergentes como o Brasil para garantir crescimento adequado. O acesso facilitado aos recursos do banco pode estimular investimentos em estradas, portos, energia, entre muitas outras áreas que hoje carecem de melhorias.
Condições de empréstimo: os países emergentes dependiam do auxílio de instituições como o Banco Mundial e o Fundo Monetário Internacional para tocar grandes projetos ou superar crises. Essas instituições exigem obediência a determinadas regras para liberar o dinheiro. Essas regras são determinadas segundo as políticas econômicas defendidas pelos países que controlam essas instituições, como os Estados Unidos. De acordo com o professor de Relações Institucionais André Silva, a instituição deve criar condições voltadas aos interesses dos emergentes, com potencial de interação com outros países em desenvolvimento na Ásia, na África e na América Latina.
Relevância política: um dos objetivos estratégicos do novo banco e do fundo de emergência é criar uma alternativa a instituições controladas pelas superpotências como o FMI. Há vários anos, o Brics tentava alterar a organização do FMI para aumentar o nível de poder dos emergentes na instituição. Como até agora os avanços foram limitados, o lançamento de seu próprio banco e de um novo fundo de emergência aumenta o peso político e econômico desses países no cenário internacional.
Estímulo a empresas: a Confederação Nacional da Indústria (CNI) acredita que o lançamento do banco deverá fortalecer as empresas brasileiras no Exterior ao facilitar investimentos. Projetos em infraestrutura viabilizados pelo banco no Brasil também poderiam reduzir o custo da produção nacional, aumentando a competitividade do país.
Ajuda a outros países: além do banco, a criação de um fundo de emergência para economias emergentes pode ajudar não apenas diretamente o Brasil, mas indiretamente ao socorrer países com os quais os brasileiros mantêm fortes relações comerciais. Uma eventual ajuda à Argentina, por exemplo, ajudaria o setor calçadista gaúcho que exporta para o país vizinho, segundo o economista Antonio Carlos Fraquelli.

CASO ARGÔLO: "HÁ INDÍCIOS DE QUEBRA DE DECORO"

Tudo indica que o deputado baiano Luiz Argôlo não terá no Conselho de Ética da Câmara a mesma sorte que teve na comissão interna do seu partido, o Solidariedade (SDD). No processo interno da legenda, ele escapou de punição por causa de seu envolvimento com o doleiro Alberto Youssef, preso pela Polícia Federal na Operação Lava Jato, em março último, sob acusação de comandar esquema de corrupção que lavou mais de R$ 10 bilhões no Brasil.
Relator do processo contra o baiano, o deputado Marcos Rogério Embora ressalta que tem até o dia 24 de setembro, fim do prazo regimental, mas afirma que já tem elementos suficientes para fundamentar parecer antes do tempo determinado.
"O conjunto de provas já contém indícios que apontam para a hipótese de quebra de decoro, mas ainda não é possível fazer juízo de valor ou indicar a direção do relatório", diz o parlamentar em nota da coluna Satélite, do jornal Correio*.
Ele quer acelerar a conclusão do caso, que pode resultar na cassação de Argôlo. "Posso garantir que, de minha parte, não haverá adiamento. Pelo contrário".

Brasil 247

CASO ARGÔLO: "HÁ INDÍCIOS DE QUEBRA DE DECORO"

Tudo indica que o deputado baiano Luiz Argôlo não terá no Conselho de Ética da Câmara a mesma sorte que teve na comissão interna do seu partido, o Solidariedade (SDD). No processo interno da legenda, ele escapou de punição por causa de seu envolvimento com o doleiro Alberto Youssef, preso pela Polícia Federal na Operação Lava Jato, em março último, sob acusação de comandar esquema de corrupção que lavou mais de R$ 10 bilhões no Brasil.
Relator do processo contra o baiano, o deputado Marcos Rogério Embora ressalta que tem até o dia 24 de setembro, fim do prazo regimental, mas afirma que já tem elementos suficientes para fundamentar parecer antes do tempo determinado.
"O conjunto de provas já contém indícios que apontam para a hipótese de quebra de decoro, mas ainda não é possível fazer juízo de valor ou indicar a direção do relatório", diz o parlamentar em nota da coluna Satélite, do jornal Correio*.
Ele quer acelerar a conclusão do caso, que pode resultar na cassação de Argôlo. "Posso garantir que, de minha parte, não haverá adiamento. Pelo contrário".

Brasil 247

PSDB PEDE EXPLICAÇÕES A MANTEGA E TOMBINI

Os números apresentados pelo governo federal referentes ao resultado primário estão sendo contestados pela oposição no Congresso e o líder do PSDB na Câmara, deputado Antônio Imbassahy (BA), protocolou requerimento no Banco Central e no Ministério da Fazenda pedindo na terça-feira (15) pedindo explicações sobre o cálculo do resultado.
Tucano se baseou em matéria do portal do jornal O Estado de São Paulo que apontou que as contas tiveram "uma ajuda incomum de R$ 4 bilhões, o que reduziu o rombo do mês de maio". Requerimentos de informação são endereçados ao ministro da Fazenda, Guido Mantega, e ao presidente do Banco Central, Alexandre Tombini.

PSDB PEDE EXPLICAÇÕES A MANTEGA E TOMBINI

Os números apresentados pelo governo federal referentes ao resultado primário estão sendo contestados pela oposição no Congresso e o líder do PSDB na Câmara, deputado Antônio Imbassahy (BA), protocolou requerimento no Banco Central e no Ministério da Fazenda pedindo na terça-feira (15) pedindo explicações sobre o cálculo do resultado.
Tucano se baseou em matéria do portal do jornal O Estado de São Paulo que apontou que as contas tiveram "uma ajuda incomum de R$ 4 bilhões, o que reduziu o rombo do mês de maio". Requerimentos de informação são endereçados ao ministro da Fazenda, Guido Mantega, e ao presidente do Banco Central, Alexandre Tombini.

LULA: “A POLÍTICA É O MELHOR E O MAIS SÁBIO CAMINHO DE MUDAR O PAÍS”

No segundo vídeo da série em que Lula fala à juventude sobre a importância da política, o ex-presidente afirma que "a política é o melhor e o mais sábio caminho". O petista conta que ter vivenciado as eleições de 1989 o fez concluir que "não tem nada mais extraordinário que o exercício da democracia para chegar ao governo".
Lula lembra que, quando criou o Partido dos Trabalhadores, achou que todos os trabalhadores deveriam se integrar, mas que boa parte não se aliou às suas ideias. "Muitas vezes a gente fica gritando sozinho achando que as pessoas todas acreditam no que a gente fala", disse.
O ex-presidente ressaltou em seguida que precisou perder quatro eleições "para convencer as pessoas" de que "podia fazer mais do que aqueles que tinham governado o Brasil". E conclui: "eu acho que valeu a pena". Lula diz que, em 12 anos do governo do PT, foi criado o mesmo número de vagas em universidades do que no último século.


Brasil 247

LULA: “A POLÍTICA É O MELHOR E O MAIS SÁBIO CAMINHO DE MUDAR O PAÍS”

No segundo vídeo da série em que Lula fala à juventude sobre a importância da política, o ex-presidente afirma que "a política é o melhor e o mais sábio caminho". O petista conta que ter vivenciado as eleições de 1989 o fez concluir que "não tem nada mais extraordinário que o exercício da democracia para chegar ao governo".
Lula lembra que, quando criou o Partido dos Trabalhadores, achou que todos os trabalhadores deveriam se integrar, mas que boa parte não se aliou às suas ideias. "Muitas vezes a gente fica gritando sozinho achando que as pessoas todas acreditam no que a gente fala", disse.
O ex-presidente ressaltou em seguida que precisou perder quatro eleições "para convencer as pessoas" de que "podia fazer mais do que aqueles que tinham governado o Brasil". E conclui: "eu acho que valeu a pena". Lula diz que, em 12 anos do governo do PT, foi criado o mesmo número de vagas em universidades do que no último século.


Brasil 247

DILMA APROXIMA BRICS DE LÍDERES LATINO-AMERICANOS

Com a presença de 16 chefes de Estado, a 6ª Reunião de Cúpula do Brics – Brasil, Rússia, Índia, China e África do Sul – começa o segundo dia de reuniões, no Palácio Itamaraty, em Brasília. Participam das discussões 11 presidentes da América do Sul. Ontem (15), os líderes do Brics anunciaram, em Fortaleza, a criação do Banco de Desenvolvimento do Brics e do fundo de reservas para o bloco.
Os chefes de Estado chegaram ao Palácio Itamaraty, pela entrada privativa, sem acesso aos jornalistas. Às 12h15, a foto oficial foi tirada nos jardins do 3º andar do palácio, e os líderes dos 16 países seguiram para a Sala Portinari, onde ocorrerão os debates. Os jornalistas têm acesso às palavras dos presidentes por televisores nas áreas reservadas à imprensa dentro do edifício. Às 13h30, a presidenta Dilma Rousseff oferecerá um almoço em homenagem aos chefes de Estado no próprio Itamaraty.
À noite, com o fim da 6ª Reunião de Cúpula do Brics, a presidenta Dilma oferecerá um coquetel no Itamaraty aos chefes de Estado e de Governo da América do Sul, do quarteto da Comunidade dos Estados Latinoamericanos e Caribenhos (Celac) e da China, que se reunirão amanhã (17) no Itamaraty.
O principal avanço do sexto encontro de líderes do bloco foi a criação do Banco de Desenvolvimento do Brics com um capital inicial de US$ 100 bilhões. Os cinco países se comprometeram a reunir, no primeiro momento, um total de US$ 50 bilhões. O dinheiro será usado para financiar projetos dos países-membros.
Mesmo com a saída financeira que vai garantir o andamento de prioridades do bloco, os países do Brics não deixaram de priorizar, na capital cearense, a reivindicação pela reforma do Fundo Monetário Internacional (FMI), para contemplar mais claramente os efeitos das economias emergentes.
Antes de chegar a Brasília, os líderes dos Brics também reiteraram a defesa pela reforma no Conselho de Segurança da ONU, garantindo a participação do Brasil, da Índia e da África do Sul nas decisões internacionais.
Hoje mais cedo, a presidenta Dilma e o primeiro-ministro da Índia, Narendra Modi, assinaram três acordos nas áreas de meio ambiente, processamento de dados de satélite e troca de informações sobre cidadãos.

Agência Brasil

DILMA APROXIMA BRICS DE LÍDERES LATINO-AMERICANOS

Com a presença de 16 chefes de Estado, a 6ª Reunião de Cúpula do Brics – Brasil, Rússia, Índia, China e África do Sul – começa o segundo dia de reuniões, no Palácio Itamaraty, em Brasília. Participam das discussões 11 presidentes da América do Sul. Ontem (15), os líderes do Brics anunciaram, em Fortaleza, a criação do Banco de Desenvolvimento do Brics e do fundo de reservas para o bloco.
Os chefes de Estado chegaram ao Palácio Itamaraty, pela entrada privativa, sem acesso aos jornalistas. Às 12h15, a foto oficial foi tirada nos jardins do 3º andar do palácio, e os líderes dos 16 países seguiram para a Sala Portinari, onde ocorrerão os debates. Os jornalistas têm acesso às palavras dos presidentes por televisores nas áreas reservadas à imprensa dentro do edifício. Às 13h30, a presidenta Dilma Rousseff oferecerá um almoço em homenagem aos chefes de Estado no próprio Itamaraty.
À noite, com o fim da 6ª Reunião de Cúpula do Brics, a presidenta Dilma oferecerá um coquetel no Itamaraty aos chefes de Estado e de Governo da América do Sul, do quarteto da Comunidade dos Estados Latinoamericanos e Caribenhos (Celac) e da China, que se reunirão amanhã (17) no Itamaraty.
O principal avanço do sexto encontro de líderes do bloco foi a criação do Banco de Desenvolvimento do Brics com um capital inicial de US$ 100 bilhões. Os cinco países se comprometeram a reunir, no primeiro momento, um total de US$ 50 bilhões. O dinheiro será usado para financiar projetos dos países-membros.
Mesmo com a saída financeira que vai garantir o andamento de prioridades do bloco, os países do Brics não deixaram de priorizar, na capital cearense, a reivindicação pela reforma do Fundo Monetário Internacional (FMI), para contemplar mais claramente os efeitos das economias emergentes.
Antes de chegar a Brasília, os líderes dos Brics também reiteraram a defesa pela reforma no Conselho de Segurança da ONU, garantindo a participação do Brasil, da Índia e da África do Sul nas decisões internacionais.
Hoje mais cedo, a presidenta Dilma e o primeiro-ministro da Índia, Narendra Modi, assinaram três acordos nas áreas de meio ambiente, processamento de dados de satélite e troca de informações sobre cidadãos.

Agência Brasil

terça-feira, 15 de julho de 2014

REALIZADA CAMINHADA PELO ESPORTE SEM PRECONCEITO E PELA PAZ EM ITIRUÇU


Foi realizada com êxito na manhã desta terça feira (15) a passeata organizada pela Divisão de Esportes de Itiruçu em parceria com escolas municipais, abordando o tema: “Campanha Esporte Sem Preconceito”.  A caminhada buscou chamar a atenção para a necessidade de se usar o esporte, como ferramentas de ação e conscientização contra as drogas, a violência e como forma de gerar integração e disciplina, afastando toda forma de racismo, bulling, ou discriminação em geral.
O evento começou por volta das 9:30 da manhã, saída da Praça Adelmario Meira percorrendo todo o centro da cidade, terminando no Capo de Futebol do Bairro Itiruçuzinho. A professora Edinha, que acompanhou o evento junto a outros professores, diretores e alunos dos colégios Antônio Francisco de Souza e Adalicio Silva de Novaes, fez uma reflexão sobre a importância de refletir sobre estes assuntos, ressaltando que uma conscientização popular ampla, começa com pequenos paços como o dado hoje. O professor e desportista José Wilson, Diretor da Divisão de Esportes do Município, agradeceram a todos pela participação no evento e fez menção das melhorias executadas pela sua gestão nos espaços esportivos do município, lembrando que ainda há muito por fazer. 

Ascom Itiruçu

REALIZADA CAMINHADA PELO ESPORTE SEM PRECONCEITO E PELA PAZ EM ITIRUÇU


Foi realizada com êxito na manhã desta terça feira (15) a passeata organizada pela Divisão de Esportes de Itiruçu em parceria com escolas municipais, abordando o tema: “Campanha Esporte Sem Preconceito”.  A caminhada buscou chamar a atenção para a necessidade de se usar o esporte, como ferramentas de ação e conscientização contra as drogas, a violência e como forma de gerar integração e disciplina, afastando toda forma de racismo, bulling, ou discriminação em geral.
O evento começou por volta das 9:30 da manhã, saída da Praça Adelmario Meira percorrendo todo o centro da cidade, terminando no Capo de Futebol do Bairro Itiruçuzinho. A professora Edinha, que acompanhou o evento junto a outros professores, diretores e alunos dos colégios Antônio Francisco de Souza e Adalicio Silva de Novaes, fez uma reflexão sobre a importância de refletir sobre estes assuntos, ressaltando que uma conscientização popular ampla, começa com pequenos paços como o dado hoje. O professor e desportista José Wilson, Diretor da Divisão de Esportes do Município, agradeceram a todos pela participação no evento e fez menção das melhorias executadas pela sua gestão nos espaços esportivos do município, lembrando que ainda há muito por fazer. 

Ascom Itiruçu

segunda-feira, 14 de julho de 2014

COPA INJETA R$ 30 BILHÕES NA ECONOMIA BRASILEIRA

A Copa do Mundo no Brasil terminou ontem com sucesso nos gramados e fora de campo com uma estimativa de R$ 30 bilhões injetados na economia, segundo a Fipe (Fundação Instituto de Pesquisas Econômicas) para o governo. Resultado equivale a cerca de 0,6% do PIB (Produto Interno Bruto) brasileiro.
A projeção foi feita a partir de um estudo sobre o impacto econômico da Copa das Confederações, realizada em junho de 2013 nas cidades de Brasília, Belo Horizonte, Fortaleza, Recife, Rio de Janeiro e Salvador. De acordo com a pesquisa, o torneio do ano passado adicionou R$ 9,7 bilhões ao PIB brasileiro.
Entre as entidades consultadas pela pesquisa, o banco Itaú prevê que o torneio deve incrementar o PIB entre 1% e 1,5% --efeito que começou em 2011, com o início das obras, que geraram emprego e renda no país. A estimativa é baseada no que ocorreu em outros países que sediaram o evento desde 1982.
A Copa do Mundo da Fifa Brasil 2014 também gerou cerca de 1 milhão de empregos no país, o que equivalente a mais de 15% dos 4,8 milhões de empregos formais criados ao longo do governo da presidenta Dilma Rousseff. Para o presidente do Instituto Brasileiro de Turismo (Embratur), Vicente Neto, trata-se de um número “extremamente significativo que nós estamos comemorando neste momento. É um legado humano extraordinário”, disse.

ITIRUÇU TERÁ CAMINHADA PELA PAZ E PELO ESPORTE SEM PRECONCEITO NESTA TERÇA

A Divisão de Esportes da Prefeitura de Itiruçu estará realizando uma caminhada, seguida de um evento esportivo no campo do Itiruçuzinho, a partir das 9 da manhã desta terça feira (14).
Com o tema “Campanha Esporte Sem Preconceito” (Pelo Fim da Discriminação Racial e Pelo Respeito às Diferenças), a caminha visa chamar a atenção para a necessidade de se usar o esporte, em especial o futebol como ferramentas de ação contra as drogas, a violência e como forma de gerar integração e disciplina, afastando toda forma de racismo, bulling, ou discriminação em geral.
Serão passadas mensagens de conscientização em carro de som e panfletos que irão ser distribuídos à comunidade.
Ultimamente os atos de discriminação racial e violência por parte de torcedores e jogadores tem sido uma constante, principalmente no futebol sul americano e europeu. Diante disto é que a Divisão de Esportes planejou realizar o ato, que percorrerá o centro e mais algumas ruas da cidade, culminando com uma partida de futebol no campo do Itiruçuzinho.

COPA INJETA R$ 30 BILHÕES NA ECONOMIA BRASILEIRA

A Copa do Mundo no Brasil terminou ontem com sucesso nos gramados e fora de campo com uma estimativa de R$ 30 bilhões injetados na economia, segundo a Fipe (Fundação Instituto de Pesquisas Econômicas) para o governo. Resultado equivale a cerca de 0,6% do PIB (Produto Interno Bruto) brasileiro.
A projeção foi feita a partir de um estudo sobre o impacto econômico da Copa das Confederações, realizada em junho de 2013 nas cidades de Brasília, Belo Horizonte, Fortaleza, Recife, Rio de Janeiro e Salvador. De acordo com a pesquisa, o torneio do ano passado adicionou R$ 9,7 bilhões ao PIB brasileiro.
Entre as entidades consultadas pela pesquisa, o banco Itaú prevê que o torneio deve incrementar o PIB entre 1% e 1,5% --efeito que começou em 2011, com o início das obras, que geraram emprego e renda no país. A estimativa é baseada no que ocorreu em outros países que sediaram o evento desde 1982.
A Copa do Mundo da Fifa Brasil 2014 também gerou cerca de 1 milhão de empregos no país, o que equivalente a mais de 15% dos 4,8 milhões de empregos formais criados ao longo do governo da presidenta Dilma Rousseff. Para o presidente do Instituto Brasileiro de Turismo (Embratur), Vicente Neto, trata-se de um número “extremamente significativo que nós estamos comemorando neste momento. É um legado humano extraordinário”, disse.

ITIRUÇU TERÁ CAMINHADA PELA PAZ E PELO ESPORTE SEM PRECONCEITO NESTA TERÇA

A Divisão de Esportes da Prefeitura de Itiruçu estará realizando uma caminhada, seguida de um evento esportivo no campo do Itiruçuzinho, a partir das 9 da manhã desta terça feira (14).
Com o tema “Campanha Esporte Sem Preconceito” (Pelo Fim da Discriminação Racial e Pelo Respeito às Diferenças), a caminha visa chamar a atenção para a necessidade de se usar o esporte, em especial o futebol como ferramentas de ação contra as drogas, a violência e como forma de gerar integração e disciplina, afastando toda forma de racismo, bulling, ou discriminação em geral.
Serão passadas mensagens de conscientização em carro de som e panfletos que irão ser distribuídos à comunidade.
Ultimamente os atos de discriminação racial e violência por parte de torcedores e jogadores tem sido uma constante, principalmente no futebol sul americano e europeu. Diante disto é que a Divisão de Esportes planejou realizar o ato, que percorrerá o centro e mais algumas ruas da cidade, culminando com uma partida de futebol no campo do Itiruçuzinho.

EM TEMPO DE ELEIÇÃO, DILMA ENFRENTA XINGAMENTOS E ENTREGA TAÇA AO CAPITÃO LAHM

A presidente Dilma Rousseff (PT) não se intimidou com as vaias e xingamentos do jogo de abertura da Copa do Mundo e confirmou o que havia prometido: assistiu ao jogo final da Copa, no Maracanã, neste domingo (13) e entregou a taça à Seleção Alemã, agora tetra campeã. Mesmo sendo alvo de novas vaias e até xingamentos - todos em menor escala do que na abertura -, Dilma cumpriu o ritual dos chefes de Estado no Mundial e participou da solenidade de premiação.
Dilma acompanhou toda a partida final da Copa ao lado da chanceler alemã Angela Merkel. Ao final do jogo se dirigiu até o palanque para a cerimônia de entrega do troféu do Mundial. Ao aparecer no telão foi vaiada pela primeira vez. Ao final, quando entregou a taça ao jogador alemão, ela voltou a ser vaiada e também xingada. O som das vaias se misturava à celebração da torcida. Mesmo visivelmente incomodada com a reação da plateia, que já era esperada, Dilma enfrentou a situação e cumpriu sua obrigação como mandatária do país. Ao anunciar que participaria da festa de encerramento, a Dilma afirmou que encarava vaias como "ossos do ofício".
Brasil 247

EM TEMPO DE ELEIÇÃO, DILMA ENFRENTA XINGAMENTOS E ENTREGA TAÇA AO CAPITÃO LAHM

A presidente Dilma Rousseff (PT) não se intimidou com as vaias e xingamentos do jogo de abertura da Copa do Mundo e confirmou o que havia prometido: assistiu ao jogo final da Copa, no Maracanã, neste domingo (13) e entregou a taça à Seleção Alemã, agora tetra campeã. Mesmo sendo alvo de novas vaias e até xingamentos - todos em menor escala do que na abertura -, Dilma cumpriu o ritual dos chefes de Estado no Mundial e participou da solenidade de premiação.
Dilma acompanhou toda a partida final da Copa ao lado da chanceler alemã Angela Merkel. Ao final do jogo se dirigiu até o palanque para a cerimônia de entrega do troféu do Mundial. Ao aparecer no telão foi vaiada pela primeira vez. Ao final, quando entregou a taça ao jogador alemão, ela voltou a ser vaiada e também xingada. O som das vaias se misturava à celebração da torcida. Mesmo visivelmente incomodada com a reação da plateia, que já era esperada, Dilma enfrentou a situação e cumpriu sua obrigação como mandatária do país. Ao anunciar que participaria da festa de encerramento, a Dilma afirmou que encarava vaias como "ossos do ofício".
Brasil 247